Células

Chamados para Abençoar

Desenvolvemos em nosso coração uma cultura de que só podemos abençoar quando estamos nos “sentindo abençoados”, isto é, quando tudo está acontecendo de forma que nos agrade. No entanto precisamos entender que este sentimento é uma grande mentira que contamos para nós mesmos e por causa dessa mentira muitos acabam perecendo e deixam de abençoar e ser abençoados. O texto de Isaias esclarece que Deus precisou gerar uma grande crise para que nós, seres humanos, pudéssemos ser abençoados e voltar aos braços do Pai. Por amor, Deus enviou seu único filho para que pudesse existir esperança na terra. I Pedro esclarece que precisamos agir bem no meio da crise para que não nos afastemos da fonte que abençoa a vida. Para que possamos abençoar, precisamos:

Quando a Vida é uma Bobagem? Você já Pensou nisso?

Quando somos crianças, muitas vezes nos aborrecemos por discordar de situações que nos favorecem que nos abençoam. Por exemplo: A criança não gosta de não poder por o dedo na tomada que dá choque, de não poder encostar-se à superfície quente e queimar-se, de não poder subir em lugares de onde irá cair e machucar-se; e, pela teimosia às vezes, desobedece mesmo quando a situação seria favorável a ele. Você já passou por situação semelhante?

Força Para Viver

Aprendemos um estilo de vida que sobrecarrega e cansa. Valores, objetivos, lutas diárias para alcançar um lugar ao sol em um mercado saturado e competitivo. Somos desafiados e acabamos por dedicar a maior parte do nosso tempo para ganhar dinheiro e comprar coisas. Não são coisas ruins, mas sugam toda a nossa força e muitas vezes nos encontramos desgastados e acabamos por desgastar os que estão próximos também.

E Amaram mais ao mundo

Durante a vida temos várias oportunidades, em várias áreas diferentes. Temos oportunidades para nos relacionarmos, podemos definir em que cidade queremos morar, podemos escolher a profissão que vamos seguir, e que buscar o emprego que desejamos e a cada escolha que fazemos, abrimos mão de várias outras coisas para termos o que desejamos. O oposto também é verdadeiro, ao longo da vida também recusamos várias oportunidades que exigem algo de nós porque achamos que não vale a pena. Preferimos ficar com o que temos, mesmo que seja menos, do que arriscar ou pagar o preço.

O Pecado e as Pulgas

Conta-se que certo estabelecimento foi infestado de pulgas, os responsáveis tomaram todas as medidas possíveis para eliminar os insetos, no entanto nenhum resultado positivo foi alcançado e grandes transtornos eram gerados aos frequentadores daquele lugar que além de serem picados acabavam levando os indesejáveis insetos para casa. Depois de um longo tempo de pesquisa a causa apareceu, um gato de rua, magro, doente e infestado pelos insetos. Durante a noite ele entrava pelo ralo e durante o dia se escondia. Deram um fim no animal e consequentemente ficaram livres das pulgas.

Se Jesus Ajudar dá

Todos nós de alguma forma somos criados para a independência, na verdade gostamos de nos sentir independentes, de termos o controle de nossas vidas e das situações que nos envolvem, no entanto precisamos entender que não conseguimos fazer sozinho a maioria das coisas. Precisamos dos outros para tocar nossa vida. Precisamos de ajuda. Imagine se não tivesse alguém que trabalhe mantendo a rede elétrica em funcionamento, não teríamos luz elétrica em casa; se não tivermos alguém que mantenha a rede de tratamento de água em funcionamento não temos água encanada em casa; isso, só para citar alguns exemplos. Agora, mesmo precisando de ajuda a maioria de nós tem dificuldade em reconhecer isso e pedir ajuda. Isso tudo revela um grande problema em nosso relacionamento (vida) com Deus, pois Deus nos orienta que devemos pedir, depender dEle. Por isso nos demoramos a nos rendermos diante dEle.

Qual o propósito da Vida”? Você já pensou nisso

A busca pelo sentido da vida move a humanidade desde o seu início e acaba deixando muita gente intrigada e frustrada. E nessa corrida em busca do sentido normalmente começamos pelo lado errado, fazemos perguntas voltadas para nós mesmos: o que quero ser? O que devo fazer com a minha vida? Concentrando-se em nós mesmos jamais conseguiremos desvendar o propósito da vida. Se você quiser saber por que foi colocado nesta terra, deve começar por Deus. Você nasceu pela vontade Dele, de acordo com os propósitos de Deus e para existir segundo os propósitos dEle (Romanos 11.33-36).

Vida: Sempre Uma Questão de Escolha

Trazendo vida ao vale, esse foi o desafio proposto por Deus aos nossos corações na semana que passou, vimos como é possível mudar uma situação cheia de morte em vida. Hoje o nosso desafio é refletir sobre as escolhas que Deus nos propõe e procurar discernir o que verdadeiramente nos abençoa.

Trazendo Vida ao Vale

Vimos na semana anterior que o desafio de Deus é que aprendamos a viver por meio dEle. Para isso é preciso fé. Nem sempre é fácil acreditar, manter a fé em Deus e Sua Palavra; ainda mais quando no encontramos no meio de uma “batalha”, ou numa situação sem esperança. Em circunstâncias aparentemente impossíveis de serem resolvidas parece mais prudente resignar-se (conformar-se) e aceitar a situação; mas quando Deus fala o certo a fazer é confiar em Deus e na Sua Palavra de todo coração.

Vivendo Por Meio de Jesus

A vida se apresenta para cada um de nós com os mais variados desafios. Para alguns o seu maior desafio está dentro da própria família, para outros o desafio se apresenta no trabalho. Alguns têm como maior desafio a maneira como organiza a sua vida financeira. Outros têm como maior desafio o aprender a lidar com os sentimentos e a sua própria história de vida. Infelizmente a nossa natureza nos impulsiona a enfrentar esses desafios com as ferramentas que fomos adquirindo durante a nossa vida, agora é importante que procuremos discernir um outro desafio que se apresenta para nós todos os dias e se apresentará para nós durante toda a nossa vida. Um desafio proposto não pela vida, mas pelo Senhor da vida, o desafio de viermos por meio dEle. E para isso precisamos:

Powered by WordPress | Desenvolvido por: Fabricio Soares