Porque poucos são íntimos de Deus?

SERMÃO N° 46 – 17.11.2014 | Tema: Porque poucos são íntimos de Deus?

Quebra-gelo: Existe alguém que você gostaria de conhecer melhor? De ser amigo íntimo?

Textos Bíblicos: Deuteronômio 34.10

Introdução: Vontade, afinidade e oportunidades são elementos essenciais para que se desenvolvam relacionamentos profundos e significativos. O primeiro fator preponderante para que um relacionamento possa se aprofundar, chama-se vontade. Afinidade e oportunidades também são essenciais para que relacionamentos sejam firmados, porém cremos que serão geradas por Deus quando existe o fator vontade.

Tudo isso também se aplica ao Senhor, Deus deseja ser nosso amigo. A Bíblia fala no texto de Deuteronômio que nunca mais se levantou em Israel um profeta como Moisés, com quem Deus tratasse face a face; vemos também que entre milhares de pessoas que Deus desejava chamar de “seu povo”, uns poucos foram chamados de amigos ou usufruíram da intimidade de Deus, por quê?

 

1)- Falta de temor. (Deuteronômio 5.29 …quem dera tivessem tal coração…) Como falamos na semana passada, temer tem a ver com conhecer e conhecer vai além de saber coisas sobre Deus. Temer a Deus é estimá-lo, honrá-lo, ter a maior consideração para com Ele, demonstrar respeito e valorização para com Deus e a sua vontade. Nós não gostamos de estar com pessoas que não nos respeitam. A palavra nos orienta em Provérbios (Provérbios 1.7 e Provérbios 9.10) afirmam que “…o temor do Senhor é o princípio da sabedoria”. Poderíamos perguntar: Porque muitas vezes nos perdemos nas lutas do dia-a-dia? Você de alguma maneira tem desrespeitado Deus? Se essa tem sido a sua história, mude sua atitude agora.

2)- Interesses diferentes (Tiago 4.4. e I João 2.15). – Em II Timóteo Paulo fala que seu companheiro de batalha, Demas, o abandonou porque amou o presente século, desejou mais as outras coisas do que aquilo que fazia junto com Paulo para Deus. O mesmo acontece com muitos em relação a Deus hoje, amam mais as coisas que podem adquirir e usufruir no mundo do que a vontade, a presença e a amizade de Deus em suas vidas. Prezam mais pelo seu conforto e tranquilidade do que uma vida para honrar e glorificar a Deus. A Bíblia diz que não é possível ser amigo do mundo e de Deus, não é possível agradar aos dois, não é possível ser abençoado pelos dois.

3)- Falta de tempo (Marcos 3.14) – O primeiro convite do Senhor é para estarmos com Ele e só depois fazermos a sua obra. Se não buscarmos a amizade de Deus por meio de Jesus, todas as outras coisas ficam comprometidas. É desafio para você enquanto pessoa, enquanto família, enquanto patrão ou empregado, é desafio para você enquanto filho(a), enquanto irmão na fé. O convite é para estarmos com Ele, se não fizermos isso nunca seremos amigos dEle.

Conclusão: Você gostaria de ser amigo de Deus? O que você está disposto(a) a fazer para isso? Está disposto(a) a entregar sua vida e deixá-lo mudar o que preciso for? Está disposto a receber dEle, somente dEle a cura que você necessita. Vamos orar.

Deixe um Comentário

Powered by WordPress | Desenvolvido por: Fabricio Soares