Basta para Cada Dia o Seu Próprio Mal

SERMÃO N° 44 – 03.11.2014 | Tema: Basta para Cada Dia o Se Próprio Mal

Quebra-gelo: Há caminhos que ao homem parece direito, mas os seus fins são de morte. (Provérbio 14.12). Como você entende essa palavra?

Textos Bíblicos: Mateus 6.33-34; Salmo 46.1-10; I Coríntios 6.19-20.

Introdução: A frase tema de nosso estudo é uma palavra do Senhor Jesus após um desafio de acertarmos nossas prioridades, “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua vontade”.  Jesus encerra este desafio nos alertando sobre o resultado de nossas ações sem a direção de Deus. Às vezes aos nossos olhos parecem coisas boas, mas os resultados sempre são destruidores.  Não temos o controle e nem o poder de estabelecer as coisas que ocorrerão no nosso dia. Alguns chamam de crises as situações de surpresa que recaem sobre o cotidiano, e que devem ser entendidas como oportunidades de crescer, de amadurecer e, mais do que nunca, de experimentar a ação de Deus trazendo direção e luz. Essas crises podem acontecer em várias áreas da vida, como a dificuldade no emprego, na vida familiar, nos negócios, etc …, porém também podem atingir áreas mais profundas da vida, como uma enfermidade. Normalmente essas coisas sempre nos pegam de surpresa. A pergunta chave é: Como podemos lidar com essas “surpresas” da vida?

1)- Lembrando quem é o Senhor, “o dono” de nossas vidas (I Corintios 6.19-20) – Esta é uma das verdades mais significativas, profundas e transformadoras da vida. Deveríamos fazer a seguinte pergunta em todo o tempo: Quem é o Senhor, quem é o dono de nossas vidas? Sabemos, mas vivemos como se fossemos o “dono” de nossas próprias vidas.

2)-Trazendo ao coração as promessas do Senhor Jesus – Mateus 6.33 “…buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua vontade, as demais coisas eu acrescentarei …” – “…as demais coisas, ou as outras coisas, disse Jesus…”. Precisamos estender que estamos nos alimentando sempre. Ou com as verdades de Deus ou com as verdades do nosso próprio coração e daquilo que os nossos olhos conseguem enxergar. Jesus nos chama atenção sobre o que deveria ocupar o nosso coração e mente, as promessas, as palavras que vem dEle.

3)-Devemos lembrar que a capacitação para superar as crises também vem dEle, através de Sua Palavra e da nossa comunhão com Ele em oração. (Salmo 46.1-10) – O Salmo 46 nos fala sobre o desafio de aquietar-se. Aquietar-se nos dá a ideia de aninhar-se nos braços do Pai. Para que tudo isso ocorra, é necessário AQUIETAR-SE na Sua presença, deleitando-se da sua comunhão e expondo a realidade que você está vivendo para Ele. Pare para falar com Deus, pare para OUVIR a Deus. Certamente, os embates da vida serão enfrentados com mais sabedoria e segurança e você alcançará a bonança de Deus.

Conclusão: Precisamos entender que a nossa vida pertence ao Senhor.   Todo ataque ou dificuldades que possamos enfrentar não saem do controle de Deus. Ele vê o que não conseguimos ver. Precisamos ter atitudes segundo o coração de Deus, o milagre nos alcançará. Você quer? Vamos orar.

Deixe um Comentário

Powered by WordPress | Desenvolvido por: Fabricio Soares